Alguns dos meus livros favoritos lidos em 2018.

O ano de 2018 foi um ano de novos desafios. Me mudei no final de 2017 de San Francisco para Boston. Meu primeiro emprego em U.S. Foi um também um ano de muitos estudos, planejamento e muita reflexão. E esses livros foram alguns dos que me ajudaram nessa fase de adaptação e desenvolvimento. Eu costumo lever de 2 a 3 livros por mês, e claro que teve outros mais do estilo ficção/novel para descontrair a mente também. 😉

Minhas últimas leituras

Olá!

Segue uma nova lista dos livros que li recentemente. Tem 2 em Português -> Precisava matar a saudades um pouco do meu país!

 

 

  1. Life of Pi – (Yann Martel)

O Livro fala de uma família que vive num zoológico na Índia e que depois se muda para o Canadá. É um mix de aventuras, romance, e até o narrador da história levanta alguns questionamentos sobre religiosidade e a crença à Deus por parte de alguns povos.

2. Bycicle Diaries – (David Byrne dos Rolling Stones)

Para os amantes de bike recomendo esse livro! David Byrne conta a crônica de suas experiências, observações e impressões ao cruzar diferentes cidades durante suas turnês e férias na sua bike desmontável. Muito divertido e interessante esse livro!

3. Abuzado – (Caco Barcelos)

Fiquei interessada em ler esse livro após assistir uma entrevista do Caco no programa do Bial. Como sou fã do repórter, dei um jeito de encontrat o livro na Amazon e depois de uns 30 dias estava chegando em San Francisco. Para quem quer saber um pouco mais sobre o tráfico de drogas do Rio de Janeiro, a Política, Polícia e corrupção e como tudo está interligado, vale a pena ler esse livro!

4. O Império é Você – (Javier Moro)

Mesmo o autor sendo de origem espanhola, esse livro é sobre o Brasil! Trata-se da história real + ficção da época de Dom Pedro, Princesa Izabel e de como o país foi colonizado pelos portugueses, as influências da Austria, Inglaterra e de como o país tornou-se independente da Coroa portuguesa. Logo após ler esse livro, a Globo lançou a novela “Novo Mundo” e assistir pelo Globo Play daqui e percebi que havia muita semelhança entre a novela e o livro, mas não sei explicar se o autor da novela se baseou também no livro para escrevê-la.

5.  The 13th. Discipline – (Deepak Chopra)

Bom, sou fã dele, e já li quase todos os seus livros! E esse em particular é diferente da maioria dos seus livros por que não trata apenas espiritualialidade e auto-conhecimento, mas é uma narrativa histórica, que entrelaça mistério, aventura. Trata-se de um romance magistralmente contado que revela descobertas surpreendentes sobre o último discípulo desconhecido de Cristo e uma nova compreensão de quem Jesus foi em seu útimos dias.

Quer estudar inglês em San Francisco e de graça/free?

Olá,

Segue algumas dicas de escolas que oferecem o curso de inglês para turistas e estudantes e o melhor totalmente free!!!

1.City College of San Francisco 

Endereço: 1170 Market St – Downtown / San Francisco – CA94102

Para se inscrever basta acessar o linke: City College of SF , e procure por ESL (English as a Second Language).

2. Teaching House.

Essa instituição oferece eventualmente cursos gratuitos desde o nível básico até o intermediário. Os cursos são ministrados por estudantes que já possuem domínio da língua, mas que estão no processo de desenvolvimento para se tornarem professores de inglês certificados através do TEFL pela Universidade de Cambridge.

Para saber mais informações acesse o link: Teaching House , ou mande u e-mail para: englishclasses@teachinghouse.com, e pergunte sobre o programa: “Free English Classes”.

Obs: Em 2015, eles cobravam U$ 20,00 por material.

3. Small Advantages – Canal do Gavin no Youtube

Adoro esse cara, e sempre que posso, ou tenho alguma dúvida sobre o inglês acesso o seu canal. Esse americano ensina o idioma de forma bastante didática e divertida, através de dicas sobre gramática, expressões, fonética e etc.  Ele também fala português, então você encontrará videos nos dois idiomas. Acesse o link: Small Advantages.

 

Beijo, beijo.

Compras em San Francisco.

San Francisco, não é a cidade mais barata dos Estados Unidos para fazer compras, mas se você anda um pouco, poderá encontrar coisas bem legais por um preço digamos ok…

1. Hayes street (bairro Hayes Valley)

Se você quer ter a experiência de explorar um bairro mais frequentado pelos sanfranciscan e fora do circuito mais turismo, esse é o lugar. A Hayes St lembra um pouco algumas ruas de Pinheiros em São Paulo/Brasil, possui algumas lojas de roupas assinadas por designers locais  restaurantes e alguns bares. Vale a pena dar uma explorada nessa área.

2. Union street (bairro Marina) 

Essa é outra rua também mais frequentada pelos locais. A Union St, tem diversas lojas bacanas e restaurantes. E ao andar nela a cada quarteirão que você atravessar, terá uma vista linda da baia de San Francisco mais abaixo.

3. Market street (dowtown)

Entre as ruas 6th street até a 2th street, você encontra lojas mais famosas como Levis, Forever21, 5th Saks Avenue, além do mall (shopping) Westfield (Zara, Abercrombie, Adidas, Blommingdales), etc.

4. Powell Street (downtown)

Travessa da Market st, e em frente ao shopping Westfield, tem a Powell St, além de ser o ponto de embarque para pegar o famoso “cable car” (bondinho) de SF, tem também diversas lojas bacanas como: GAP, Urban Outifters, Sephora, MAC, etc.

5. Union Square (downtown)

Subindo a Powell St, você verá a praça Union Sq, e logo em frente tem lojas como a Macy’s, Saks, Nike, Apple, Louis Vuitton, etc.

Toda essa região de downtown, tem muitas lojas de grifes famosas (italianas, francesas, etc) e artigos para casa. Se você quer explorar mais basta continuar andando na Union Sq em direção à leste.

6. Chinatown 

Um pouco para cima de downtown, só seguir reto na Grant Avenue. E como toda Chinatown tem várias lojas de artigos de decoração chinesa, souvenirs e restaurantes.

7. Outlet

Não há outlet em San Francisco, mas há dois outlets próximos e localizados no interior:

  • San Francisco Premium Outlet (cidade de Livermore, cerca de 45 minutos de carro)
  • Gilroy Premium Outlet (cidade de Gilroy, cerca de 1:15 minutos de carro)

Obs: Hoje em dia não vejo muita vantagem em fazer compras nos outlets da California, os preços normalmente são quase os mesmos das lojas de rua) .

 

Beijos, beijos.

Livros que recomendo.

  1. Meanwhile in San Francisco (Enquanto isso em San Francisco), do autor Wendy Macnaughton.

Soube desse livro somente na segunda vez que vim morar aqui. E é interessante como confirmou todas as minhas impressões e percepções sobre esses irreverentes,  divertidos e as vezes assustadores estilos. Então, se você quer conhecer um pouco mais sobre SF, mas do ponto de vista de um “local“, vale a pena lê-lo. O autor descreve de forma bem descontraída e ilustrada os “san-franciscans“.

2. The start-up of you (Comece por você)  dos autos Reid Hoffman (Co-fundador Linkedin) e Ben Canocha (Empresário/Escritor).

20170124_111220Comecei a ler esse livro ontem, e é bem legal a forma que é tratado sobre o desenvolvimento das carreiras ao longo das diferentes gerações, além da mudança de mindset da palavra “empreendedor”. Afinal nos somos os empreendedores da nossa própria vida. Correto?!

 

 

 

 

 

3. Yoga and the Spiritual Life, (Yoga e a vida espiritual), de Sri Chinmoy.

20170124_111314.jpgEsse livro é bem legal, para conhecer um pouco mais sobre a conexão entre ioga e espiritualidade do ponto de vista de um monge. Tem várias perguntas e respostas que esclarece dúvidas importantes sobre espiritualidade e missão de vida.

 

 

 

O que você pode fazer como visitante.

captura-de-tela-2017-01-13-01-19-50

Você brasileiro que possui o visto B1 (business) ou B2 (turismo), e que pretende vir aos Estados Unidos poderá:

  • Permanecer no país, pelo prazo de 6 meses consecutivos, a contar da data de entrada no país (ver a data que foi carimbada no seu passaporte no momento de cruzar a alfândega nos EUA.
  • Realizar cursos e workshops, desde que a carga horária não ultrapasse  de 18 horas semanais. Acima desse período é necessário ter o visto de estudante.
  • Realizar algum tipo de trabalho voluntário. Aliás, os EUA é muito bom nisso. Há diversas ONGs e iniciativas bacanas com diferentes propósitos.
  • Alugar e dirigir carros em todo o país, com a sua carteira nacional de habilitação desde que esteja vigente.
  • Não é necessário andar e/ou apresentar o passaporte toda vez que for entrar num bar, casa de espetáculos, casa noturna,ou até mesmo no momento de pagar uma conta no restaurante ou loja com o cartão de crédito. A sua carteira de habilitação é aceita como documento pessoal válido (ID).

 

Maiores informações sobre vistos, basta acessar o link do portal da Embaixada Americana, logo abaixo:

Embaixada Americana no Brasil

E informações sobre leis de trânsito e regras, segue o site da DMV US (Departamento de veículos motores)

DMV

Beijo, beijo.