Eba! Agora posso ter uma vida normal nos E.U.A.

Olá

20170214_173849É com alegria que divido essa notícia muito boa. Finalmente chegaram minhas permissões que me autorizam a trabalhar nos EUA e a viajar para fora do país.

O engraçado é que isso aconteceu exatamente uma semana após publicar o post “Como lidar com a ansiedade enquanto o seu green card não vem?. Confesso que fiquei supresa, pois, quando fiz o post acima estava com a expectativa que levaria um tempo para conseguir essas permissões. Mas elas chegaram, e o que fazer agora?

Bom, recapitulando um pouco e para explicar como é esse processo. Depois que me casei dei entrada na documentação junto ao órgão USCIS (U.S Citizenship and Immigration Services), da data da entrada até o 1.contato para coleta das impressões digitais e fotos, levaram-se 45 dias. Após isso, as permissões chegaram em 50 dias. E ainda dando continuidade ao processo, será agendado uma entrevista no USCIS, e é nessa última fase que obtenho o green card permanente. As permissões que tenho hoje são temporárias com validade para 1 ano. Bom, mas o que importa é que já posso ter uma vida “normal”. E respondendo, sobre o que irei fazer agora, vou te dizer aqui..

Primeiro, vou para o Brasil (huhu). Estou morrendo de saudades da minha família e amigos. E tenho algumas coisas para colocar em ordem lá também. Ir à praia, tomar água de coco, enfim matar a saudade de tudo o que é muito brasileiro.

E quando voltar, retomarei a minha carreira, a busca pelo emprego ideal. Digo ideal, para mim, pois tenho muito claro qual o tipo de emprego e empresas que quero continuar meu desenvolvimento profissional. Afinal ao longo da minha vida adquiri muitas experiências e isso me permite hoje ter uma idéia melhor do que quero para minha carreira.

Mas não estou de braços cruzados agora não. Tão logo recebi minhas permissões, comecei a fazer networking com algumas empresas de consultoria em Recursos Humanos (minha área). E essa semana terei uma primeira reunião com uma ONG bem bacana que ajuda imigrantes com experiências no mundo corporativo, a voltarem ao mercado de trabalho e nos EUA. Assim, que tiver minha primeira reunião com essa ONG, irei fazer um post sobre, com dicas e muito mais.

Brasil, here I go!!! 

 

Beijos, beijos.

Corona Heights – Um bairro para visitar, e que não é tão popular no “circuito turístico”.

Olá,

Hoje irei falar do bairro de Corona Heights. Trata-se de um bairro que não faz parte dos passeios mais famosos para se visitar em San Francisco, e é mais frequentado pelos locais.

Falando um pouco sobre a origem desse bairro, as suas ruas foram formadas através de montanhas, ou seja, foram literalmente cortadas, e abrangem todas as ruas do Buena Vista Park e estendendo-se por todo o caminho até a Market Street.

 

O bairro ainda possui um parque que fica numa região alta, o Corona Park (basta seguir as ladeiras pela Roosevelt way). Ele é pequeno mas tem várias pedras que você pode escalar, sentar e apreciar a vista.

Vale a pena visitar essa região, suba até o parque e depois desça em direção à Market St, onde chegará ao bairro de Castro, com vários bares e restaurantes.

Confira abaixo as fotos de Corona Heights:

 

Beijo, beijo.